logo do blog desbrava7

Especialidade de Excursionismo Pedestre na Neve – Avançado Respondida

Especialidade de Excursionismo Pedestre na Neve – Avançado Respondida
Especialidade-de-Excursionismo-Pedestre-na-Neve-Avançado-Respondida
Especialidade de Excursionismo Pedestre na Neve – Avançado, quero ver alguém pegar essa, vem conferir e compartilha com seus amigos, beleza?

Especialidade de Excursionismo Pedestre na Neve – Avançado


1. Ter a especialidade de Excursionismo pedestre na neve.

Se você ainda não tem, confere aqui.
2. Explicar sobre os diferentes tipos de flocos de neve e qual influência exerce sobre as raquetes.
Powder
Powder é a neve recém-caída, fresca e intocada. A sobreposição de inúmeros cristais e flocos de neve forma uma camada de neve lisa e macia sobre as montanhas, proporcionando a sensação de flutuar ao esquiador. O powder normalmente se compacta em diversas camadas, formando uma travesseiro natural para as quedas.
A maioria dos snowboarders e esquiadores consideram o powder a melhor superfície, pois além da incrível sensação de flutuar que proporciona, é também a melhor condição para se tentar novas manobras, fazer curvas cavadas e controlar a velocidade.
Ainda assim, o powder pode ser um obstáculo para quem não está acostumado. Quando esquiando sobre neve fresca, é muito importante que você mantenha a velocidade. Se for muito devagar, irá afundar e ficar preso, tendo o trabalho de desfazer da neve sobre seu equipamento e tentar ganhar movimento novamente. Para evitar afundar na neve, você deve manter a base de equilíbrio levemente para trás e apontando o bico do snowboard para cima. Se o powder estiver fundo, o ideal mesmo é mover os dois bindings um pouco para trás, dessa forma o esforço será bem menor.
Crud
Embora o termo não seja muito usado, Crud é a próxima fase depois do powder. Conforme mais e mais pessoas passam sobre o powder, a neve empilha-se em certas áreas e compacta-se em outras. A camada de neve, antes lisa e fresca, fica toda marcada e repleta de áreas com neve similar ao powder e outras aéreas com neve mais dura e escorregadia.
Esquiar sobre a neve crud é um um pouco mais difícil que o powder, mas ainda muito divertido. O segredo é andar de forma mais agressiva, mantendo os joelhos mais flexionados para absorver o impacto do terreno irregular.
Crust
Crust significa crosta em português, e como o próprio nome diz, esse tipo de neve apresenta uma crosta mais dura por cima da neve mais macia. A crosta é formada quando os raios do sol e o vento derretem a camada superior do powder mas congelando-se novamente devido ao frio. Se a crosta for bem sólida, você vai esquiar a maior parte do tempo sobre a camada dura. Se a crosta for um pouco mais mole você irá provavelmente furá-la e deslizar por uma camada mais macia.
Assim como na neve crud, você deve descer de forma mais agressiva, ficar atento para as melhores opções de caminho e procurando se manter abaixo da crosta. Uma dica para se manter na camada mais baixa e macia é esticando os joelhos ou até forçando um pequeno salto nas curvas.
Slush
Quando a temperatura fica mais quente do que o ponto de solidificação da água, a neve começa a derreter, ficando cheia de água e grandes pedaços de gelo. Basicamente, a neve slush é muito parecida com um sorvete derretido. Por estar molhada, a neve é muito mais pesada e as curvas ficam muito lentas e difíceis. Movimentos ainda mais agressivos são necessários para manter a velocidade.
Icy
Odiado por snowboarders com a mesma intensidade que amam o powder, esse tipo de neve é exatamente o oposto do segundo – duro, escorregadio, e na maior parte do tempo considerado um inferno. Na verdade, você nunca vai encontrar gelo nas montanhas. O que encontra-se é um neve que já derreteu-se e congelou-se diversas vezes formando uma superfície sólida, que é chamada de icy em inglês.
Quando a condição da neve é icy, torna-se muito difícil manter o controle, principalmente nas curvas. Um dos segredos para não cair e se machucar é fazer movimentos sutis. Se você tentar frear bruscamente ou colocar muita pressão nas bordas da prancha, vai provavelmente escorregar e sofrer uma dura queda. Mas dificilmente as condições serão 100% icy, portanto fique de olhos abertos e procure os caminhos por onde haja mais neve fofa.
3. Utilizando um dos recursos a seguir, criar uma palestra sobre o uso de raquetes de neve. Incluir o uso entre os povos nativos. Citar todas as fontes pesquisadas.
Item prático.
a) Apresentação eletrônica.
b) Relatório verbal.
c) Relatório escrito. (mínimo de 1 página)
d) Cartaz. (expô-lo na sede do clube)
4. Rever os conceitos de segurança descritos na especialidade básica. 
Confere aqui.
5. Fazer um dos seguintes:
Item prático. 
a) Fazer um par de raquetes de sobrevivência, usando materiais nativos e de primeiros socorros, que possivelmente estará disponível para você em meio à natureza. 
b) Fazer um conjunto de sapatos de neve usando materiais naturais ou sintéticos.



6. Completar com sucesso 2 caminhadas de 3 Km usando raquetes de neve. Fazer um relatório descrevendo detalhes da caminhada, como profundidade dos passos, condição da neve, plantas e animais e velocidade média de deslocamento.
Item prático.
7. Após uma de suas caminhas, escrever, pelo menos, um parágrafo explorando a dimensão espiritual da neve. Citar, pelo menos, 3 referências bíblicas onde a neve é mencionada.
Êxodo 4:6, Números 12:10, II Samuel 23:20
Esse item é com vocês.
Sites que usei na especialidade.
— ♥ —
Gostou da especialidade, te ajudou ou tem alguma dúvida? Deixe um comentário.
Se inscreva no canal e fique por dentro de todo conteúdo!

Baixe a Especialidade.
Clique aqui e baixe a especialidade SEM RESPOSTAS.
Clique aqui e baixe a especialidade COM RESPOSTAS.
Lembre de adicionar suas respostas ao relatório, fiz ele no word para que você pudesse editar do seu jeitinho. Qualquer dúvida, me procurem!